16:29 19 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2150
    Nos siga no

    Arqueólogos poloneses descobriram marcas em comunidades de ameríndios nos EUA que aparentemente serviam de calendário para os povos locais.

    Uma equipe de arqueólogos da Polônia encontrou no Colorado, estado dos EUA, comunidades de ameríndios com práticas astronômicas avançadas, que datam do século XIII.

    A descoberta, realizada no município de Pueblo, dentro do Parque Nacional de Mesa Verde, foi composta por assentamentos em rocha nua dentro dos desfiladeiros do Colorado, conforme publicou o tabloide Daily Express.

    Mas o maior achado foi a forma e padrão das esculturas dentro das comunidades dos povos pré-colombianos.

    Uma grande porção das esculturas estava localizada em locais sombrios durante a maior parte do ano. Essas esculturas correspondiam a eventos astronômicos específicos.

    Uma delas está localizada perto de uma estrutura defensiva de 800 anos, virada para o Sul. Para surpresa dos pesquisadores, eles registraram os raios do Sol passando sobre a rocha durante o solstício de inverno, em 22 de dezembro, justamente na altura em que o Sol tem sua posição mais baixa no Hemisfério Norte.

    O mesmo efeito foi observado em março do ano seguinte, durante o equinócio da primavera.

    Propósito das estruturas

    Os assentamentos locais foram mais tarde abandonados pelos ameríndios, mas após entrevistar comunidades norte-americanas, o membro da equipe Radoslaw Palonka chegou à conclusão de que essas esculturas serviam como calendário para os povos ameríndios.

    O arqueólogo acrescentou que "as primeiras interações entre o Sol e as espirais no painel coberto de talha começavam algumas semanas antes do solstício de inverno. O fenômeno podia sinalizar o início dos preparativos e todo o processo de rituais e tratamentos rituais, danças e celebrações, que culminavam durante o solstício de inverno".

    O pesquisador destacou que eventos astronômicos como os solstícios e equinócios ainda desempenham um papel crucial para as tribos de Pueblo nos estados de Arizona e Novo México, nos EUA.

    "Ainda hoje eles marcam rituais, celebrações e eventos ligados à agricultura: sementeira, colheitas são preparações para estas práticas", concluiu o arqueólogo.

    Mais:

    Astrônoma amadora captura FOTO incrível de nebulosa em forma de árvore de Natal
    Destruídas por extraterrestres? Astrônomos descobrem estrelas que aparecem e somem do Universo
    Astrônomo: 21 mil objetos espaciais podem ser perigosos para Terra
    Tags:
    Colorado, pesquisa, povos indígenas, EUA, astronomia, índios
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar