14:56 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Um asteroide perto da Terra (imagem ilustrativa)

    NASA alerta sobre asteroide gigantesco que passará pela Terra na quarta-feira

    © Foto/ Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    343
    Nos siga no

    Estima-se que o asteroide, denominado 2019 SR8, tenha entre 20 e 44 metros de diâmetro e que passará relativamente perto da Terra na madrugada desta quarta-feira (16).

    Segundo a NASA, a rocha espacial se aproximará às 0h45 do dia 16 de outubro com a impressionante velocidade de 35.350 km/h, escreve o tabloide britânico Mirror.

    Durante a passagem, o asteroide estará a pouco mais de 4,8 milhões de km do nosso planeta. Embora isso possa soar muito longe, em termos astronômicos é extremamente perto.

    A agência espacial americana define a passagem do 2019 SR8 de Objeto Próximo à Terra (NEO).

    Rota de colisão

    "A NASA não tem conhecimento de nenhum asteroide ou cometa em rota de colisão com a Terra no momento, por isso a probabilidade de uma grande colisão é muito pequena […] Na verdade, tanto quanto podemos dizer, não é provável que algum objeto grande atinja a Terra em qualquer momento nos próximos cem anos", avisa a agência.

    "Trata-se, em última análise, de proteger o único planeta que sabemos, neste momento, que acolhe vida, e esse é o planeta Terra", alertou o administrador da NASA, Jim Bridenstine, levando em conta as ameaças ao mundo perante uma colisão de asteroide.

    Simulação da aproximação de um asteroide
    © AP Photo / NASA / JPL-CalTech
    Simulação da aproximação de um asteroide

    Atualmente, a agência espacial dos EUA está trabalhando para ser capaz de detectar e rastrear 90% dos asteroides próximos que têm 140 metros ou mais, pois uma rocha espacial com essas dimensões pode causar danos catastróficos e até mesmo aniquilar um país inteiro.

    Mais:

    É detectado quando asteroide recém-descoberto poderia impactar Terra
    Oito asteroides se aproximam da Terra nesta semana
    NASA detecta asteroide tão grande como meteoro de Chelyabinsk perto da Terra
    Tags:
    aproximação, NASA, Terra, asteroide
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar