17:53 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    8714
    Nos siga no

    O Serviço de Monitorização do Espaço da Força Aérea dos Estados Unidos detectou uma explosão do terceiro estágio do foguete Ariane 4 europeu, em órbita, informa o 18º esquadrão de controle do espaço (18 SPCS) da Força Aérea dos EUA.

    O Ariane 4 é um foguete da classe média, que foi usado de 1988 a 2003. O foguete é um sistema de lançamento projetado pela Agência Espacial Europeia e fabricado pela Arianespace.

    Segundo o comunicado do 18 SPCS, o terceiro estágio do foguete Ariane 4 explodiu em órbita em 22 de julho, tendo sido descobertos 7 fragmentos. Provavelmente, o estágio explodiu por si mesmo e não por causa de colisão com outro objeto.

    O 18 SPCS confirmou que a desintegração do 42P R/B (SCC#22079) ocorreu em 22 de julho de 2019. Foram rastreadas 7 fragmentos – não há indicação que tenha sido causada por colisão.

    O foguete lançou três satélites para a órbita em agosto de 1992: o Topex / Poseidon dos EUA/França, o Kitsat-1 da Coreia do Sul e o S80/T, da França.

    O esquadrão de controle do espaço, localizado na base aérea de Vandenberg, na Califórnia, detecta e identifica todos os objetos artificiais na órbita da Terra.

    Segundo o site da Força Aérea dos EUA, antes da destruição, o estágio do foguete orbitou a Terra durante 27 anos em uma altitude entre 1.404 a 1.296 quilômetros.

    Mais:

    Astrônomos da NASA escolhem lugar para pouso no 'asteroide apocalíptico'
    NASA planeja afastar asteroides gigantescos que podem ameaçar a Terra
    NASA expõe FOTOS chocantes da 1ª geleira islandesa declarada morta
    Tags:
    foguete, Arianespace, satélite, órbita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar