11:20 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Vulcão entra em erupção na Islândia (foto de arquivo)

    Erupção vulcânica teria forçado vikings da Islândia abraçar cristianismo

    © AP Photo/ Michael Probst
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    141

    A erupção do vulcão Eldgja na Islândia foi uma das razões principais pelas quais os vikings locais, que eram pagãos, de repente começaram a crer nas palavras dos pregadores católicos e abraçaram o cristianismo no século X d.C., declaram os cientistas.

    As conclusões científicas foram expostas em um artigo publicado na revista Climatic Change. "Essa foi uma erupção extremamente potente, mas mesmo assim fomos surpreendidos por suas fortes consequências. Toda a Eurásia, do norte da Europa ao norte da China, viveu uma série de invernos severos e longos e secas no verão. Foram seguidos por morte do gado e praga de gafanhotos, a fome afetou não todas, mas muitas das regiões da Alemanha, Iraque e China, onde levou vidas de milhares de pessoas", conta Tim Newfield, historiador da Universidade de Georgetown dos EUA.

    Os vulcões da Terra hoje em dia são considerados um dos "maestros" chave do clima do nosso planeta. Podem aumentar a temperatura da sua superfície, libertando grandes massas de dióxido de carbono e outros gases de efeito estufa, bem como reduzi-la, enchendo a atmosfera com partículas de cinza e microgotas de aerossóis que refletem os raios e o calor do Sol.

    Ao longo da sua curta existência, a humanidade já viveu várias catástrofes de tal escala. Por exemplo, a erupção do supervulcão Toba 70 mil anos atrás provocou um "inverno vulcânico" por vários anos e a extinção quase completa dos seres humanos. Seus análogos menores, a explosão da ilha de Tambora em 1815 e a erupção em massa de vulcões na América do Sul nos anos 530 d.C., causaram fome em grande escala e surtos de peste.

    Newfield e seus colegas descobriram mais um exemplo da invulgar influência vulcânica sobre a vida da humanidade, tentando encontrar as raízes históricas de um dos monumentos mais famosos da cultura dos vikings islandeses — a canção épica a Profecia da Vidente da Edda Antiga, em que se prevê a morte dos deuses antigos no decorrer de um potente cataclismo universal — erupções vulcânicas em massa, relâmpagos, eclipse e invasão de "gigantes de fogo". Quando Odin e seus irmãos morrem, o seu lugar é ocupado por um só deus que dirige toda a criação.

    Hoje em dia se considera que essa canção conta sobre a conversão ao cristianismo dos habitantes da ilha. A imagem do fim do mundo, segundo Newfield, foi a erupção de um dos muitos vulcões da Islândia, cujos vestígios foram encontrados pelo grupo científico.

    A data aproximada da criação da obra épica, meados do século X ou fim do século IX da nossa era, serviu de dica para descobrir que vulcão exatamente causou o desastre. Os cientistas coletaram amostras do gelo formado na época no território da vizinha Groenlândia e conseguiram encontrar vestígios de cinza nas camadas que se formaram em 939 d.C., quando na Europa o inverno e o verão foram anormalmente frios. A análise química destas cinzas mostrou que seu "autor" foi o vulcão Eldgja — um dos maiores vulcões do mundo.

    A sua erupção, segundo os cientistas, baixou a temperatura média de verão no hemisfério norte em cerca de 2 °C, o que deve ter afetado de forma extremamente negativa as safras e o bem-estar dos habitantes da ilha. Os pregadores cristãos, conforme Newfield, poderiam ter beneficiado disso, ligando a catástrofe à morte dos deuses antigos e ao surgimento de um novo e único ideal de culto.

    Mais:

    Mundo não está preparado para uma erupção catastrófica, garantem especialistas
    Contagem regressiva para erupção? Nova onda sísmica sacode supervulcão de Yellowstone
    Vulcão Mayon lança jatos de lava e colunas de cinza gigantes (VÍDEOS)
    Tags:
    canção, Deus, erupção, , cristianismo, vulcão, Islândia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik