00:35 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Escavações (imagem referencial)

    Foi encontrado um grande 'armazém' de objetos e ferramentas pré-históricas (FOTOS)

    © Fotolia / Sebastian Corneanu
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    280

    Um grupo de arqueólogos encontrou mais de mil artefatos em Uadi Dabsa, no campo vulcânico Harrat Al Birk, situado a poucos quilômetros do litoral do mar Vermelho, no sudoeste da Arábia Saudita. A grande quantidade de objetos encontrados torna este lugar em um dos maiores "depósitos" de concentração de materiais paleolíticos.

    A revista Antiquity publicou os resultados desta descoberta, que foi possível graças ao projeto dos investigadores do Conselho Europeu de Investigações (ERC, sigla em inglês).

    Nos reservatórios foram encontrados fragmentos de facas, pontas de flechas, machados, martelos de pedra e algumas ferramentas de costura como raspadores de pele de animais ou perfuradores de couro. A idade de alguns dos artefatos encontrados até pode superar 1,7 milhões de anos, informou Live Science.

    ​"Isto é muito mais árido [hoje] do que era em determinadas épocas", explicou à Live Science Frederick Foulds, professor de arqueologia da Universidade de Durham (Reino Unido) e autor do artigo publicado na Antiquity. Em sua opinião, os restos descobertos pertencem a populações que habitavam este território em períodos mais húmidos.

    Mais:

    Arqueólogos russos encontram restos mortais de 70 vítimas decapitadas em massacre
    No Equador, arqueólogos russos encontram artefatos antiguíssimos
    Arqueólogos russos encontram na Crimeia mansão dos tempos romanos
    Tags:
    arqueologia, achado, escavação, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik