11:23 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Galáxia na constelação de Virgo, imagem tirada pelo telescópio Hubble

    O telescópio que é capaz de explicar a essência do Universo

    © Foto: ESA/Hubble & NASA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1100721

    O Grande Telescópio Milimétrico, instalado o topo da montanha Sierra Negra, no México, é um dos maiores do mundo na sua categoria.

    A agencia Sputnik Mundo conseguiu falar com um cientista que participa do projeto. O telescópio foi instalado graças aos esforços conjuntos da Universidade de Massachusetts em Amherst (nos EUA) e do Instituto Nacional de Astrofísica, Ótica e Eletrônica do México.

    A instalação do equipamento e preparação do telescópio durou mais de 20 anos e custou por volta de 200 milhões de dólares (70% da soma foram suportados pelo lado mexicano).

    O telescópio na montanha de Sierra Negra é um dos mais poderosos do mundo. Graças a uma plataforma móvel, o prato do telescópio registra ondas com amplitude de 0,85 até 4 mm. Este aparelho único é necessário para perceber melhor como surgiu e como se desenvolveu o nosso Universo.

    "No início dos anos 90, os nossos colegas da Universidade de Massachusetts, junto com os astrônomos do Instituto Nacional de Astrofísica, Ótica e Eletrônica, decidiram realizar um projeto muito importante na área da astronomia que pode se tornar um passo significativo nos estudos do espaço", conta Arturo Gómez à Sputnik Mundo.

    As pesquisas na amplitude milimétrica ajudam a estudar os cantos remotos do Universo, onde terão possivelmente surgido as moléculas complexas que deram início à nossa vida.

    A construção do aparelho levou 5 anos desde 2000, depois mais 8 anos para preparar uma plataforma para a antena, que entrou em serviço só em 2013.

    De 4 a 10 de abril de 2017, o telescópio em questão participou da experiência para estudar um buraco negro ultrapesado que está no centro da nossa galáxia. Da experiência participaram oito telescópios que trabalham em amplitude milimétrica.

    "O objetivo cientifico é observar a sombra do buraco negro. É uma experiência muito importante e significante, porque ninguém até agora conseguiu observar diretamente um buraco negro. Isto é possível apenas em observações com amplitude milimétrica… Precisamos de muitos anos para obter quaisquer resultados", disse Gómez.

    O cientista sublinhou a importância deste projeto, dizendo que este telescópio ajudará a desenvolver as instituições cientificas da América Latina.

    Mais:

    Maior telescópio da história começa a ser construído no Chile
    Ajude-nos a encontrar extraterrestres! Contribua para construção de telescópio espacial
    Telescópio espacial fotografou a estrela que ofuscou uma galáxia inteira
    Tags:
    telescópio, espaço, Espaço, Terra, México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik