22:36 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    122
    Nos siga no

    O governo canadense adotou nesta quarta-feira um decreto de urgência para proteger uma espécie de sapo ameaçada de extinção em Montréal.

    Urso polar
    © AP Photo / Martin Meissner
    O documento, que entra em vigor no próximo dia 17, tem como objetivo impedir a construção de 171 unidades habitacionais em uma área do sul da cidade onde vive uma população de sapos coro do Ocidente, segundo explicou a ministra do Meio Ambiente, Catherine McKenna. Mais de mil unidades, no entanto, já foram construídas como parte desse projeto, inicialmente autorizado pelo governo de Québec.

    Os animais dessa espécie, que medem em torno de 2,5 cm e cujas cores variam entre marrom e cinza, vivem em zonas úmidas do sul do Québec e de Ontário, onde são considerados ameaçados de extinção desde 2010. 

    Mais:

    Associação religiosa do Rio fará tratamento espiritual em animais
    Rússia defenderá seus animais contra ‘práticas bárbaras' nos zoológicos europeus
    Animais fogem do zoológico após inundação
    Animais clonados
    Tags:
    meio ambiente, animais, sapos, Catherine McKenna, Montréal, Québec, Ontário, Canadá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar