19:49 02 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 012
    Nos siga no

    Decisão da agência reguladora eleva o valor da tarifa extra de R$ 6,24 para R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

    A diretoria Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (29) reajuste na bandeira tarifária vermelha patamar 2, cobrança adicional aplicada às contas de luz quando aumenta o custo de produção de energia. Pela decisão, a taxa passa de R$ 6,243 por 100 kWh para R$ 9,49 por 100 kWh. O novo valor representa aumento de 52%.

    "É um sinal claro de que consumir energia até a chegada do próximo período único está mais caro", afirmou o presidente da agência reguladora, André Pepitone, citado pelo portal R7. Pepitone avalia o momento atual como "excepcional" para a adoção de medidas mais drásticas devido à pior crise hídrica dos últimos 91 anos.

    Na segunda-feira (28), o ministro Minas e Energia, Bento Albuquerque, fez um pronunciamento na televisão em que afirmou que o Brasil passa por um momento de crise hídrica e pediu uso "consciente e responsável" de água e energia por parte da população.

    O novo valor entra em vigor a partir de julho. O último reajuste do sistema de bandeiras tarifárias foi realizado em 2019.

    Mais:

    Energia atômica do mar: como China planeja enriquecer sua capacidade nuclear?
    Rússia apresenta projeto de futura espaçonave movida a energia nuclear
    EUA investigam suposto vazamento em instalação de energia nuclear chinesa
    Vice-ministro: EUA realizam ciberataques contra sistema de energia da Venezuela para intimidar nação
    Tags:
    Aneel, governo bolsonaro, governo brasileiro, Ministério de Minas e Energia, energia, luz
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar