13:27 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    7920
    Nos siga no

    Em uma madrugada de terror, Manaus teve seu transporte público afetado por incêndios. Segundo autoridades, os ataques foram ordenados de presídio após morte de traficante.

    Durante a madrugada e as primeiras horas de hoje (6), diversos veículos, entre eles ônibus e uma ambulância, foram incendiados em Manaus, no Amazonas. Para Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) do estado, a ordem para os ataques foi motivada após a morte de um traficante, segundo o G1.

    "Os ataques foram motivados em função da morte de um traficante. E a inteligência levantou que essa determinação veio de dentro do presídio. Eu quero informar que quem for localizado dando essa ordem, será solicitada a transferência para um presídio federal", informou o secretário da SSP, Coronel Louismar Bonates, à mídia.

    Não há registro de feridos e, até agora, ninguém foi preso pelos ataques. Porém, Bonates declarou que o número de viaturas nas ruas foi triplicado, inclusive para o reforço da segurança de prédios públicos, e que todos os ônibus de transporte coletivo foram recolhidos para as garagens.

    ​Além de Manaus, outros incêndios foram registrados em cidades do interior do estado, como Parintins e Careiro Castanho.

    Após o ocorrido, um gabinete de crise foi montado com equipes da Polícia Militar e Polícia Civil para apurar a situação, de acordo com o coronel.

    ​O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), em nota, disse que repudia os atos de vandalismo, e que os ataques causaram pânico nos motoristas dos ônibus "pois há relatos de grupos encapuzados e armados praticando tais atos".

    Mais:

    'Incrível experimento natural': cérebros de tribo amazônica envelhecem mais devagar do que os nossos
    Amazônia pode virar savana em até 30 anos com o ritmo atual de desmatamento, alerta especialista
    Governo da França: 'Amazônia não é só dos brasileiros'
    Tags:
    Manaus, ataques, incêndio, violência
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar