02:31 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil em meados de maio (48)
    271
    Nos siga no

    O secretário estadual de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, anunciou, na manhã desta quinta-feira (20), que o estado detectou os primeiros casos da variante indiana do coronavírus no Brasil.

    A linhagem B.1.617 do SARS-CoV-2 foi identificada em seis pessoas que chegaram ao país a bordo do navio MV Shandong da Zhi, no litoral do Maranhão.

    "A variante já estava presente em 51 países e aqui na América do Sul só estava presente na Argentina. O Brasil acaba sendo o segundo país da América do Sul com confirmação da cepa", disse o secretário, que também é presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), conforme noticiou o G1.

    Lula explicou que o navio, sem permissão para atracar na costa do Maranhão, está ancorado e que toda a tripulação está em isolamento.

    Ao todo, 15 pessoas que estavam no navio apresentaram sintomas da COVID-19. Dessas, seis testaram positivo para a cepa indiana a partir de um estudo genômico.

    ​Um dos infectados, um tripulante indiano de 54 anos, chegou ser levado de helicóptero para um hospital da rede privada do estado, no dia 13 de maio.

    Segundo o secretário, 100 pessoas tiveram contato com os infectados. Ele informou que todas estão isoladas e serão testadas.

    Tema:
    COVID-19 no Brasil em meados de maio (48)

    Mais:

    Indianos ricos fogem do país em jatos particulares à medida que crise do coronavírus se intensifica
    Especialista diz que Brasil abriu 'portas para variantes' da Índia após atraso em restrições
    Dois estados da Índia declaram epidemia de 'fungo preto' em meio a aumento de infecções
    Tags:
    saúde, navio, Índia, COVID-19, pandemia, novo coronavírus, Brasil, Maranhão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar