09:54 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    324
    Nos siga no

    No primeiro dia, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid já recebeu pelo menos 173 solicitações feitas por congressistas em Brasília.

    A informação foi publicada pela Folha. A maior parte dos requerimentos pede que sejam ouvidos não só o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, mas também seus antecessores no comando da pasta durante o governo Bolsonaro: Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello.

    Outro foco dos pedidos é a investigação sobre o colapso do sistema de saúde do Amazonas: o fornecimento de oxigênio, de equipamentos de proteção, de remédios para kit intubação e a abertura de leitos devem ser examinados pela CPI.
    O senador Renan Calheiros (MDB-AL) durante sessão do plenário do Senado Federal.
    © Foto / Waldemir Barreto/Divulgação/Agência Senado
    O senador Renan Calheiros (MDB-AL) durante sessão do plenário do Senado Federal.

    Os pedidos precisam ser pautados pelo presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD-AM), e depois votados pelos demais membros.

    O senador Renan Calheiros, relator da CPI, afirmou em seu primeiro discurso nesta terça-feira (27) que a comissão não fará perseguições, mas que é preciso punir "imediata e emblematicamente" os responsáveis pelas mortes durante a pandemia.

    Confira as expectativas e pautas para a CPI de diversos senadores, que foram ouvidos com exclusividade pela Sputnik Brasil nesta terça-feira (27).

    Mais:

    CPI da Covid: após campanha nas redes, bolsonaristas acionam a Justiça contra Renan Calheiros
    Presidente da Anvisa pode ser ouvido em CPI da Covid sobre negativa à Sputnik V, diz colunista
    Doença neurológica rara é associada à COVID-19 em 21 países, diz estudo
    Brasil: 71% só veem recuperação econômica a partir de 2022, diz CNI
    Tags:
    Eduardo Pazuello, CPI, Senado, Brasil, pandemia, COVID-19, saúde
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar