06:59 21 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    23019
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa comunicou nesta terça-feira (30) que os comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica serão substituídos. A mudança ocorre na esteira da reforma ministerial promovida pelo presidente Jair Bolsonaro.

    Em nota enviada à Sputnik Brasil, a pasta informou que a decisão foi tomada após uma reunião realizada com a presença dos antigos comandantes das três Forças.

    "O Ministério da Defesa [MD] informa que os comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica serão substituídos. A decisão foi comunicada em reunião realizada nesta terça-feira [30], com presença do Ministro da Defesa nomeado, Braga Netto, do ex-ministro, Fernando Azevedo, e dos comandantes das Forças", informa a nota.

    O Ministério da Defesa não informou os motivos da saída e os nomes dos substitutos.

    O anúncio acontece no dia seguinte ao ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, ter deixado o cargo. O presidente Jair Bolsonaro escolheu como substituto o general da reserva Walter Souza Braga Netto, que até então comandava a Casa Civil.

    Esta é a primeira vez desde 1985 que os comandantes das três Forças Armadas deixam o cargo ao mesmo tempo sem ser em troca de governo.

    Mais:

    Comandantes das Forças Armadas do Brasil sinalizam que vão colocar cargos à disposição, diz jornal
    Marco Aurélio Mello anuncia aposentadoria do STF para o dia 5 de julho
    No RJ, forças de segurança terão prioridade na vacinação contra a COVID-19
    Butantan e Fiocruz preveem entrega de 27 milhões de doses de vacina em abril
    Tags:
    Brasil, Ministério da Defesa, Exército, Marinha, Aeronáutica, comandantes, Forças Armadas, Forças Armadas do Brasil, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar