19:04 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no final de março de 2021 no Brasil (116)
    0 30
    Nos siga no

    A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS), anunciou nesta segunda-feira (22) que vai ajudar o Brasil a comprar sedativos e outras drogas para intubar pacientes no país.

    Segundo Jarbas Barbosa, diretor-assistente da OPAS, a entidade vai usar os próprios fundos e já está procurando fornecedores do "kit intubação" de quem o Brasil poderia comprar. As informações foram publicadas pelo portal G1.

    "Sabendo da dificuldade do país, nós já estamos procurando fornecimento alternativo com produtores internacionais", disse Barbosa.

    Entre os remédios, estão o midazolam, o propofol e o fentanil, que são usados para sedar os pacientes antes de serem intubados.

    ​Com o agravamento da pandemia no Brasil, as reservas desses medicamentos estão no fim, e o governo passou a requisitar os estoques dos laboratórios como forma de suprir a demanda.

    A expectativa de hospitais e associações médicas é de que o atual estoque de insumos necessários para intubação dure 15 dias no Brasil.

    Segundo uma reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, o governo brasileiro acionou seu corpo diplomático para tentar a compra urgente dos insumos.

    Tema:
    COVID-19 no final de março de 2021 no Brasil (116)

    Mais:

    Dilma Rousseff toma 1ª dose da vacina contra a COVID-19 em Porto Alegre (FOTO)
    Dia da Água: no semiárido brasileiro, programa de cisternas enfrenta corte de recursos (VÍDEO)
    Governo de SP anuncia instalação de usina de oxigênio para abastecer unidades de saúde
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, pandemia, Opas, Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde, saúde pública, hospital, hospitais, pacientes, Brasil, doação de remédio, remédios
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar