13:10 21 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    069
    Nos siga no

    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou nesta segunda-feira (1º) que não dará andamento aos pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.

    De saída da presidência da Câmara, Maia vinha sendo pressionado pela oposição a encaminhar pedidos de impeachment contra Bolsonaro antes de deixar o cargo. No total, são mais de 60 pedidos de impeachment contra o presidente.

    "Não vou deferir impeachment", disse Rodrigo Maia, citado pelo G1.

    A eleição para presidente da Câmara dos Deputados acontece nesta segunda-feira (1º). A disputa será entre Baleia Rossi (MDB-SP) e o deputado Arthur Lira (PP-AL), que é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro.

    Em Brasília, o deputado Arthur Lira (PP-AL), à esquerda, conversa com presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), à direita, durante votação da reforma da Previdência, em 11 de julho de 2019
    © Folhapress / Pedro Ladeira
    Em Brasília, o deputado Arthur Lira (PP-AL), à esquerda, conversa com presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), à direita, durante votação da reforma da Previdência, em 11 de julho de 2019

    Após o presidente do Democratas, ACM Neto, ter anunciado que os deputados do partido estavam liberados para votar a favor de Arthur Lira, foi divulgado que Rodrigo Maia teria considerado a possibilidade de colocar algum dos pedidos de impeachment contra Bolsonaro em votação. 

    Durante a tarde desta segunda-feira (1º), após participar de reunião na Câmara, Maia negou ter cogitado abrir um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. 

    Mais:

    Brasileiros voltam a fazer carreatas por impeachment de Bolsonaro (VÍDEOS)
    Presidência da Câmara: PT anuncia apoio à candidatura de Baleia Rossi, indicado por Maia
    'Bolsonaro não tem dimensão humana', diz Maia após comentário sobre tortura de Dilma
    O adeus de Rodrigo Maia: 'Óbvio que a agenda econômica vai continuar sendo liberal'
    Tags:
    Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, impeachment, Bolsonaro, Jair Bolsonaro, governo bolsonaro, eleição
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar