20:24 13 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2124
    Nos siga no

    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse neste domingo (31) a aliados que pode abrir um dos processos de impeachment protocolados contra Jair Bolsonaro (sem partido).

    De acordo com a Folha, que entrou em contato com três pessoas próximas a Maia, o presidente da Câmara disse já ter em mãos um parecer jurídico favorável ao processo de afastamento de Bolsonaro.

    Segundo parlamentares que se reuniram com Maia neste domingo, o presidente da Câmara chegou a dizer que instalaria nesta segunda-feira (1º) a comissão que avalia se dá prosseguimento ou não ao processo de impedimento de Jair Bolsonaro.

    Após o aval do presidente da Câmara, o impeachment só pode prosseguir caso pelo menos dois terços dos deputados (342 de 513) votem a favor do processo depois de uma votação em uma comissão especial.

    A postura de Maia é vista como uma retaliação à decisão do seu próprio partido, o Democratas, de apoiar Arthur Lira (PP-AL), candidato de Bolsonaro, na eleição para a presidência da Câmara, em detrimento de Baleia Rossi (MDB-SP), indicado por Maia. De acordo com o G1, Maia pode inclusive deixar o partido após o episódio, que foi visto como uma "traição".

    Deputado Arthur Lira (PP-AL), candidato à presidência da Câmara e apoiado pelo governo Bolsonaro, conversa com atual presidente da Casa, Rodrigo Maia
    © Folhapress / Pedro Ladeira
    Deputado Arthur Lira (PP-AL), candidato à presidência da Câmara e apoiado pelo governo Bolsonaro, conversa com atual presidente da Casa, Rodrigo Maia

    A eleição que define o próximo presidente da Câmara dos Deputados acontece nesta segunda-feira (1º), assim como a eleição para a presidência do Senado.

    Mais:

    Brasileiros voltam a fazer carreatas por impeachment de Bolsonaro (VÍDEOS)
    Presidência da Câmara: PT anuncia apoio à candidatura de Baleia Rossi, indicado por Maia
    O adeus de Rodrigo Maia: 'Óbvio que a agenda econômica vai continuar sendo liberal'
    Maia diz que não há obstáculo político para envio de insumos chineses das vacinas contra COVID-19
    Tags:
    eleição, presidente, impeachment, Brasília, Brasil, Jair Bolsonaro, Rodrigo Maia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar