00:27 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1201
    Nos siga no

    Cidades de todo o país fizeram um panelaço na noite desta sexta-feira (15) contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

    O protesto foi convocado pelas redes sociais após o colapso no sistema de saúde de Manaus, que sofre com falta de cilindros de oxigênio e de outros equipamentos hospitalares.

    Comuns no início da pandemia, quando diariamente ocorriam protestos contra o presidente nas janelas, com o tempo os panelaços acabaram. 

    Na capital do Amazonas os relatos foram de grandes manifestações.

    ​Na Barra da Tijuca, bairro do Rio de Janeiro onde mora o presidente Jair Bolsonaro, o panelaço também foi ouvido. O presidente costuma ter votações expressivas na região.

    ​As panelas também se fizeram ouvir na capital federal. 

    ​O panelaço também foi ouvido em São Paulo, maior cidade do país. O governador de São Paulo, João Doria, trava uma guerra particular contra o presidente Jair Bolsonaro pela vacinação no país.

    ​Em Curitiba, cidade do sul do país onde Bolsonaro tem grande popularidade, o panelaço também foi ouvido. 

    ​Os moradores de Vitória também bateram panelas em protesto contra Bolsonaro. O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), já trocou farpas com o presidente da República.

    ​No bairro da Graça, reduto nobre de Salvador, na Bahia, também ocorreram protestos.

    Mais:

    Com ou sem Araújo, Brasil ficará cada vez mais isolado no mundo, diz pesquisadora
    'COVID-19 tá mais lá embaixo': Bolsonaro diz que isolamento matou mais que coronavírus
    União Química pede registro de vacina Sputnik V à Anvisa
    Tags:
    Jair Bolsonaro, COVID-19, pandemia, Brasil, novo coronavírus, panelaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar