09:10 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    O TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro) determinou a intervenção da Polícia Federal contra a paralisação de funcionários das empresas de ônibus do Grupo Redentor, que atuam na zona oeste da capital fluminense. A paralisação começou na madrugada deste domingo (29).

    De acordo com o TRE, o movimento prejudica a circulação de eleitores das regiões de Jacarepaguá e da Barra da Tijuca. Pesquisas indicam que os dois bairros estão em uma das regiões com voto mais disputado pelos candidatos à prefeitura, Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos).

    As informações são da Agência Brasil.

    Os rodoviários protestam contra o parcelamento, em oito vezes, do 13º salário imposto pelas empresas. São cerca de 2.500 funcionários de braços cruzados neste domingo (29) de votação.

    O TRE-RJ considerou a paralisação ilegal. "Representa grave impedimento e embaraço às eleições. As lideranças do movimento serão responsabilizadas na forma da lei penal. A expectativa é que o funcionamento regular das linhas operadas pelas empresas de ônibus seja normalizado rapidamente", informou o Tribunal.

    Mais:

    Hacker suspeito de invadir o sistema do TSE no Brasil é preso em Portugal
    TRE do Rio forma maioria para tornar Crivella inelegível até 2026
    TRE-RJ decide pela inelegibilidade de Marcelo Crivella
    Tags:
    Polícia Federal, ônibus, greve, justiça eleitoral, Justiça Federal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar