11:58 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 04
    Nos siga no

    Uma mulher que tinha sido feita refém pelo namorado foi libertada nesta sexta-feira (4) de um bar na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, após quase quatro horas de sequestro. 

    O Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi acionado para ir até o local e negociar a libertação. Segundo os agentes, o homem e a mulher começaram uma discussão quanto estavam na lanchonete. Em seguida, o homem pegou uma faca e fez a namorada refém. 

    A rua em que fica o estabelecimento, General Roca, foi fechada por agentes do Tijuca Presente, programa do governo no qual policiais militares fazem o patrulhamento de determinados bairros da cidade. 

    A mulher ficou com um ferimento no pescoço, mas passa bem. Durante o episódio, o homem que ficou com a faca apontada para o pescoço da vítima, falava coisas sem nexo. 

    'Tem passagem pela polícia e está alterado'

    "Ele tem passagem pela polícia e está muito alterado", afirmou a porta-voz da Polícia Militar, major Marliza Neves, segundo o portal G1. 

    O homem tinha sido preso por lesão corporal no dia 28 de agosto e cumpria pena no regime semiaberto. Apesar disso, ele não retornou para a prisão nos últimos dois dias. 

    Ainda segundo a major, o casal seria de Valença e tinha se encontrado para que a mulher convencesse o homem a voltar a cumprir o regime semiaberto. Para a policial, o sequestro foi um caso de "violência doméstica". De acordo com familiares, o suspeito e a vítima teriam reatado recentemente. 

    Mais:

    Ex-secretário de Witzel é preso no Rio de Janeiro após se entregar à polícia
    'Se Bolsonaro queria o Rio, agora tem', diz cientista político sobre afastamento de Witzel
    'Guardiões do Crivella': processo de impeachment de prefeito do Rio é barrado na Câmara
    Tags:
    refém, BOPE, Polícia, crime, sequestro, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar