08:52 01 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil na pandemia do coronavírus em meados de agosto (62)
    0 93
    Nos siga no

    A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (19), durante sessão virtual do Congresso Nacional, a derrubada de itens relacionados a quatro vetos do presidente Jair Bolsonaro a iniciativas legislativas.

    Os deputados aprovaram, por 454 votos a 14, a derrubada de veto relacionado ao uso obrigatório de máscaras em escolas, comércio, instituições de ensino, igrejas e templos em razão da pandemia, informou Agência Câmara de Notícias.

    O projeto foi aprovado em junho pelo Legislativo. Ao sancionar a lei, em julho, Bolsonaro justificou que o ponto sobre escolas, comércios e igrejas incluía demais locais fechados, o que poderia ser considerado violação de domicílio.

    Durante a sessão também foram derrubados vetos às medidas de proteção social e de combate à COVID-19 em territórios indígenas e quilombolas, que contemplam distribuição gratuita de materiais de higiene, de limpeza e de desinfecção de superfícies.

    Outros vetos derrubados pelos parlamentares se referiam à regras para transferência de terras da União para Roraima e Amapá; e ao prazo de 72 horas para autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nas importações durante a pandemia.

    As sessões virtuais do Congresso acontecem em três etapas. O Senado se reunirá às 16h para analisar os vetos e os quatro destaques definidos naquela Casa e aqueles que os deputados decidiram derrubar. Por fim, às 19h, a Câmara examinará itens que, pelas regras, inicialmente foram votados pelos senadores.

    Na sessão virtual do Congresso, quando os deputados decidem pela derrubada de vetos, esses itens são necessariamente votados pelos senadores. Isso porque, para que um veto seja derrubado, é necessário o apoio mínimo de 257 votos na Câmara e de 41 no Senado.

    Tema:
    Brasil na pandemia do coronavírus em meados de agosto (62)

    Mais:

    Após Bolsonaro tirar máscara em entrevista, ABI entra com ação contra presidente no STF
    Secretário do CIMI: Bolsonaro ajuda invasão de terras indígenas e age para COVID-19 matar no Brasil
    Tags:
    COVID-19, indígenas, máscara, Brasil, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar