05:56 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    632
    Nos siga no

    O governo Jair Bolsonaro está montando um grupo de trabalho para elaborar regras, de modo a evitar que ministérios e estatais veiculem publicidade em sites que divulgam fake news.

    A força-tarefa do governo pretende criar uma espécie de "selo de qualidade" que indique aos órgãos públicos que um veículo de informações não está envolvido em publicação de notícias falsas, informou Estadão nesta sexta-feira (31).

    No mês de maio, o Tribunal de Contas da União (TCU) suspendeu publicidade do Banco do Brasil e cobrou do governo normas para garantir a confiabilidade de sites, como já acontece com empresas que desejam negociar com o setor público.

    Depois da "dura" do TCU, seguida por pressões do STF e do Congresso, o governo criou o grupo de trabalho, composto por sete funcionários, que foi tornado oficial no dia 13 de julho por uma portaria assinada pelo ministro Wagner Rosário, da Controladoria-Geral da União (CGU).

    Segundo o documento, o grupo vai buscar "mitigar riscos para a integridade decorrentes da utilização de mídias digitais para veiculação de campanhas publicitárias financiadas com recursos de órgãos e entidades da administração federal direta e indireta".

    Mais:

    'Se acabarem as fake news, acaba Jair Bolsonaro', diz especialista
    A pedido de Moraes, Facebook e Twitter bloqueiam contas de investigados em inquérito das fake news
    Maia sai em defesa de Felipe Neto e o convida para discutir lei das fake news
    Tags:
    TCU, governo, Brasil, fake news
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar