08:35 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    378
    Nos siga no

    Principal sindicato brasileiro, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e 49 outras entidades da sociedade civil e movimentos sociais apresentaram uma petição formal de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira (14) na Câmara dos Deputados.

    Em comunicado, a CUT informou que a petição argumenta que "o comportamento e as ações de Bolsonaro, que desprezavam a severidade da pandemia [...] fizeram dele a principal pessoa responsável pelo agravamento da crise econômica e social no Brasil".

    O presidente da CUT, Sérgio Nobre, explicou que o país não pode emergir da crise com Bolsonaro na presidência "porque Bolsonaro é a crise".

    Além desse sindicato, a petição também é assinada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e pelo Sindicato Nacional dos Estudantes (UNE), entre outras organizações ligadas à esquerda.

    Mar de cruzes relembra as muitas mortes pela COVID-19 em frente ao Congresso Nacional em Brasília
    © REUTERS / Adriano Machado
    Mar de cruzes relembra as muitas mortes pela COVID-19 em frente ao Congresso Nacional em Brasília

    A iniciativa da CUT e demais entidades é um acréscimo às dezenas de pedidos de impeachment que já foram apresentadas no Congresso Nacional por partidos, organizações ou indivíduos da oposição.

    Para que o presidente Bolsonaro possa ser julgado, é preciso que o chefe da Câmara, Rodrigo Maia, escolha uma das ações e leve-a ao plenário da Casa.

    No momento, de acordo com a maioria dos analistas, não há hoje a maioria necessária de parlamentares (dois terços dos 514 assentos) para iniciar um processo para remover Bolsonaro do poder.

    Mais:

    Impeachment de Bolsonaro mostra empate técnico, e apoio à renúncia sobe, diz Datafolha
    Lula defende impeachment de Bolsonaro e diz que não pretende concorrer às eleições de 2022
    'Irresponsável': oposição apresenta novo pedido de impeachment contra Bolsonaro
    Tags:
    política, MST, UNE, CUT, Rodrigo Maia, impeachment, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar