09:33 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Pandemia do coronavírus no Brasil no início de julho (50)
    140
    Nos siga no

    Segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado neste sábado (4), o Brasil registrou 1.091 óbitos pela COVID-19 nas últimas 24 horas, totalizando 64.265 mortos pela doença. 

    Além disso, foram confirmados 37.923 novos casos da COVID-19, fazendo total no país alcançar 1.577.004. 

    A taxa de letalidade é de 4,1%, enquanto o índice de mortalidade é de 30,6 (por 100.000 habitantes). 

    O número de pessoas recuperadas da enfermidade é de 876.359, enquanto 636.380 casos estão em acompanhamento. 

    Apesar das mortes e dos casos continuarem altos no país, várias cidades e estados estão flexibilizando a quarentena imposta para conter a disseminação do vírus. 

    Na sexta-feira (3), o Brasil registrou mais 42.223 novos casos do coronavírus e 1.290 óbitos.

    OMS registra recorde de casos globais

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou neste sábado (4) que houve um aumento recorde nos casos globais do novo coronavírus, com acréscimo de 212.326 em 24 horas. A alta foi puxada pelos Estados Unidos, Brasil e Índia. 

    As mortes, por outro lado, permanecem estáveis em cerca de 5.000 por dia. Um dos fatores que pode explicar a alta dos casos é o aumento da testagem para a COVID-19.

    Tema:
    Pandemia do coronavírus no Brasil no início de julho (50)

    Mais:

    'Bunny ebola': vírus mortal dos coelhos se espalha rapidamente nos EUA
    China avalia risco de propagação da nova gripe suína entre humanos
    OMS interrompe estudos com hidroxicloroquina e remédios para HIV em pacientes com COVID-19
    Tags:
    casos, mortes, Ministério da Saúde, saúde, Brasil, pandemia, COVID-19, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar