23:58 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    81813
    Nos siga no

    Após o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), divulgar vídeo da reunião ministerial da presidência da República, Jair Bolsonaro (sem partido) publicou neste domingo (24) trecho da Lei de Abuso de Autoridade.

    Em seu Twitter, o presidente destacou trecho da legislação que prevê pena de detenção em caso de divulgação de "gravação sem relação com a prova que se pretenda produzir". 

    Como parte do inquérito que investiga a suposta interferência de Bolsonaro na Polícia Federal (PF), o vídeo da reunião ministerial de 22 de abril foi divulgado pelo STF. De acordo com o ex-ministro Sergio Moro, Bolsonaro o teria pressionado na ocasião para trocar o comando da PF para proteger sua família. 

    Também neste domingo, Bolsonaro voltou a participar de ato em favor de seu governo em Brasília. Primeiro, antes de encontrar apoiadores do governo, Bolsonaro sobrevoou a manifestação de helicóptero. Apesar de decreto do Distrito Federal prever sanções a quem desrespeitar as medidas de isolamento social, o presidente cumprimentou manifestantes e tirou fotos.

    Mais:

    Celso de Mello levanta sigilo e libera vídeo da polêmica reunião com Bolsonaro e Moro (VÍDEO)
    Apreensão de celular de Bolsonaro traria 'consequências imprevisíveis', diz general Heleno
    Aviso à China? Araújo diz a Bolsonaro que economia mundial está centrada em um país antidemocrático
    'Ou você toma cloroquina ou não tem nada', diz Bolsonaro
    Tags:
    Celso de Mello, STF, Brasil, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar