13:41 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    3328
    Nos siga no

    O chefe do Fundo de Investimento Direto da Rússia (RDIF, na sigla em inglês) declarou nesta quinta-feira (9) que o Brasil está interessado em participar da operação de estabilização do mercado de petróleo.

    A redução da produção de petróleo pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (OPEP+) e por outros países fora da aliança pode ser superior a 10 milhões de barris por dia.

    De acordo com o chefe do Fundo de Investimento Direto da Rússia, Kirill Dmitriev, Canadá e Brasil estão demonstrando interesse no acordo.

    "Ouvimos relatos de que a redução pode ser grande, pois países fora da OPEP+ também participarão [na transação]. Vemos interesse em participar até mesmo de países como Canadá e Brasil. Os EUA também estão ajudando bastante nas discussões", disse Dmitriev em entrevista à Bloomberg TV.

    "Em geral, acredito que existe um acordo evidente para reduzir significativamente a produção, isso é importante. Acho que essa aliança poderá adaptar a estratégia às condições do mercado", acrescentou.

    O chefe do RDIF também enfatizou que o acordo não está sendo feito com o prazo de vários meses, mas por "dois anos ou mais".

    Mais:

    Brasil estaria interessado em participar da operação de estabilização do mercado de petróleo
    Riad vai para o 'tudo ou nada', diz analista sobre instabilidade do petróleo
    Arábia Saudita e Rússia chegam a acordo sobre grande corte na produção de petróleo
    Tags:
    Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), mercado, petróleo, Brasil, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar