19:49 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2111
    Nos siga no

    A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê uma colheita de 251,8 milhões de toneladas de grãos na safra 2019/2020.

    Segundo a entidade, os resultados do 7º Levantamento da Safra, divulgados nesta quinta-feira, demonstram normalidade nas atividades dos agricultores, que vêm adotando as recomendações das instituições envolvidas no combate ao novo coronavírus.

    "A pandemia enfrentada pelo mundo não afetou o andamento da safra brasileira", informou a Conab. "Volume recorde deve ser registrado em uma área cultivada de 65,1 milhões de hectares", acrescentou a entidade.

    O bom resultado deverá ser impulsionado pela soja e pelo milho. No caso da soja, a expectativa é de uma produção de 122,1 milhões de toneladas: o maior desempenho já registrado, mesmo em meio aos problemas climáticos ocorridos na Região Sul, sobretudo no Rio Grande do Sul.

    Para o milho está prevista uma colheita de 101,9 milhões de toneladas, das quais 75,4 milhões serão na segunda safra.

    Algodão, arroz, feijão e sorgo também devem registrar aumento na produção, tendo, portanto, também influência positiva no número final da safra 2019/20.

    Outro produto que deverá registar a maior produção na série histórica é o algodão, com uma colheita de 2,88 milhões de toneladas da pluma do grão. O resultado é fruto de "grandes investimentos feitos no setor e pela expansão de área cultivada aliada às boas condições climáticas encontradas nas principais regiões produtoras".

    Tags:
    Brasil, recorde, grãos, agricultura, colheita, safra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar