14:54 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Subprocurador Augusto Aras durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ)

    Augusto Aras é aprovado em sabatina na CCJ do Senado

    © AP Photo/ Eraldo Peres
    Brasil
    URL curta
    332
    Nos siga no

    A Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal aprovou, após sabatina realizada nesta quarta-feira, a indicação de Augusto Aras para chefiar a Procuradoria-Geral da República.

    Após mais de cinco horas de discussões na comissão, Aras recebeu o apoio de 23 parlamentares, enquanto apenas três votaram contra. Mas, para assumir a nova função, o indicado ainda precisará receber o aval do plenário. Essa nova votação deve ocorrer ainda hoje. 

    Subprocurador e professor da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília, Aras é especializado em direito público e direito econômico. Sua indicação para o cargo, feita pelo presidente Jair Bolsonaro, rompeu a tradição, que durava 16 anos, da chamada lista tríplice, que resulta de uma eleição interna da associação nacional de procuradores.

    Antes de apontar o subprocurador para a função, o chefe de Estado brasileiro afirmou que precisava de alguém alinhado com as ideias do seu governo na chefia da PGR. No entanto, a indicação, e sobretudo a maneira como foi feita, acabou sendo alvo de inúmeras críticas por parte de funcionários do setor jurídico e do público em geral.

    Mais:

    Interino assume PGR e reconduz procuradores do grupo da Lava Jato
    PT não vai obstruir indicação de Aras para PGR, diz líder do partido no Senado
    Aras: indicação do filho de Bolsonaro para embaixada nos EUA não é nepotismo
    Tags:
    sabatina, procurador-geral, Jair Bolsonaro, Comissão de Constituição e Justiça, CCJ, Senado Federal, Senado, Procuradoria-Geral da República (PGR), PGR, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar