13:37 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Lula da Silva é visto durante uma reunião do PT em 13 de julho de 2017 em São Paulo

    Supremo nega recurso de Lula contra Moro

    © AP Photo / Andre Penner
    Brasil
    URL curta
    11821
    Nos siga no

    A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta sexta-feira, por unanimidade, o recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o juiz Sergio Moro.

    O pedido da defesa do ex-presidente buscava anulação dos atos de Moro em uma das ações que apura supostas fraudes envolvendo o Instituto Lula.

    Se trata de uma perícia, autorizada pelo então juiz, nos sistemas eletrônicos da Odebrecht.

    No processo em questão Lula é acusado de beneficiar a Odebrecht em sua relação com a Petrobras para receber um terreno em São Paulo, onde seria instalada uma sede do Instituto Lula.

    A defesa do político contestou a perícia em documentos que foram mantidos em sigilo durante o processo, privando a defesa da possibilidade de contestá-los.

    "Tratavam-se de documentos novos, desconhecidos pela defesa e sobre os quais não se teve a oportunidade de impugnar ou de fazer contraprova", afirmaram os advogados do Lula, citados pela Folha de S. Paulo.

    A votação teve início na quinta-feira passada (16) e terminou nesta quinta, com o resultado sendo divulgado nesta sexta-feira.

    Os ministros seguiram o voto do relator da Operação Lava Jato no Supremo, Luiz Edson Fachin. Segundo ele, os atos do ex-juiz não ferem a Constituição.

    O processo sobre o imóvel para o Instituto Lula, no entanto, ainda não teve decisão.

    Mais:

    Com veto de transferência de Lula, STF vai parar no Twitter como 'traidor'
    STF decide manter Lula preso em Curitiba
    Defesa de Lula vai ao STF contra decisão de transferir o ex-presidente para São Paulo
    Tags:
    Sergio Moro, justiça, política, Instituto Lula, Odebrecht, Luiz Inácio Lula da Silva, Lula, STF
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar