03:53 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Brasão da Polícia Federal do Brasil (arquivo)

    Egípcio suspeito pelo FBI de fazer parte da Al-Qaeda se apresenta em São Paulo

    © Sputnik / Renan Lúcio
    Brasil
    URL curta
    310
    Nos siga no

    O egípcio Mohamed Ahmed Ibrahim está sendo investigado pelo FBI por suspeita de fazer parte da organização terrorista Al-Qaeda (proibida na Rússia e em vários outros países). Ele se apresentou nesta quinta-feira (15) à Polícia Federal em São Paulo nesta quinta-feira (15).

    O advogado de Ibrahim negou a acusação de que o suspeito tenha ligação com a rede terrorista e afirmou que o egípcio é vítima de uma perseguição política por ser opositor do atual governo do Egito.

    Ele se apresentou nesta tarde à Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, para prestar depoimento.

    O FBI fez um comunicado no início desta semana informando que realiza buscas no Brasil pelo cidadão egípcio, suspeito de ter participado da Al-Qaeda como um "agente e facilitador".

    ​Mohamed entrou no Brasil em 2018 e obteve autorização para residir no país em condição migratória regular.

    “Dentro desse cenário, ele viu a necessidade de sair do país e procurar refúgio não só no Brasil. Ele passou pela Turquia, depois entrou legalmente no Brasil como permanece até hoje. Ele não teve nenhum vínculo com a Al-Qaeda e nenhum outro tipo de organização tida como terrorista", afirmou o advogado Musslim Ronaldo Vaz na terça-feira (13).

    Mais:

    Mídia: Hackers teriam roubado dados pessoais de milhares de policiais e agentes do FBI
    Diretor do FBI defende que contra-inteligência não deve ser considerada espionagem
    FBI procura no Brasil suspeito de integrar a Al-Qaeda
    Tags:
    Polícia Federal, Brasil, terrorista, FBI
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar