07:48 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Argentina, Mauricio Macri, e seu colega brasileiro, Jair Bolsonaro, na 54ª cúpula de presidentes do Mercosul

    'Bandidos de esquerda começam a voltar ao poder na Argentina', diz Bolsonaro

    © REUTERS / Handout
    Brasil
    URL curta
    531759
    Nos siga no

    O oposicionista Alberto Fernández, que venceu com larga vantagem as primárias presidenciais na Argentina no último domingo, havia chamado Bolsonaro de "racista, misógino e violento" durante a semana.

    A chapa da oposição, formada por Alberto Fernández e Cristina Kirchner, venceu as eleições primárias na Argentina por 47% contra 32% do presidente Mauricio Macri.

    O presidente Jair Bolsonaro, que é aliado de Mauricio Macri, comentou o resultado das primárias presidenciais na Argentina, classificando a oposição do país como "bandidos de esquerda".

    “Olha o que está acontecendo com a Argentina agora. A Argentina está mergulhando no caos. A Argentina começa a trilhar o rumo da Venezuela, porque, nas primárias, bandidos de esquerda começaram a voltar ao poder”, disse o presidente ao participar de um evento no Piauí.

    “Nas próximas eleições, nós vamos varrer essa turma vermelha do Brasil. Nós juntos vamos varrer a corrupção e o comunismo do Brasil”, acrescentou.

    Mais:

    Como possível retorno de Kirchner na Argentina afetará relações com Brasil de Bolsonaro?
    Embaixada brasileira em Londres sofre protestos por política ambiental do governo Bolsonaro
    Após críticas a Bolsonaro, deputado Alexandre Frota é expulso do PSL
    Tags:
    esquerda, Cristina Kirchner, Mauricio Macri, Argentina, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar