03:57 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Marcello Crivela (PRB), prefeito do Rio de Janeiro

    Vereadores arquivam denúncia e Marcelo Crivella escapa de sofrer impeachment no Rio

    © Foto / Tânia Rêgo
    Brasil
    URL curta
    401
    Nos siga no

    A Câmara Municipal do Rio de Janeiro decidiu negar a cassação do mandato do prefeito Marcelo Crivella pelas três denúncias de exploração do mobiliário urbano por empresas de publicidade.

    Acatando a decisão da comissão processante, os vereadores decidiram arquivar o processo e inocentar o prefeito das denúncias que pesavam contra ele.

    Crivella era acusado de negligenciar na defesa de bens da Prefeitura, praticar contra expressa disposição de lei e de proceder de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo. As duas primeiras denúncias foram rejeitadas por um placar de 13 votos favoráveis, 35 contrários e 1 abstenção. A última teve 14 votos sim, 34 não e 1 abstenção.

    O processo, aberto no último dia 2 de abril, girava em torno da renovação irregular dos contratos de publicidade para relógios de rua e pontos de ônibus. Por erro de servidores, a Prefeitura não convocou licitação para o uso do mobiliário e a administração municipal precisou devolver R$68 milhões já adiantados às empresas.

    Mais:

    Crivella assume o Rio cortando gastos, com foco na saúde e quer taxa para turistas
    Crivella faz piada com chuvas no Rio: 'vão criar o balsa família'
    Marcelo Crivella abre guerra contra a Globo: 'Inimiga jurada do povo evangélico'
    Justiça determina bloqueio de bens de Crivella
    Tags:
    Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, impeachment, Marcelo Crivella
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar