20:13 15 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Deltan Dallagnol

    Força-tarefa da Lava Jato repudia notícia sobre troca de procuradores no caso triplex

    Vladimir Platonow/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    907
    Nos siga no

    A Força-tarefa da Operação Lava Jato publicou uma nota nesta sexta-feira (21) repudiando o que chamou de "notícia falsa sobre troca de procuradores em audiência do caso triplex".

    Na última quinta-feira (21) o jornalista Reinaldo Azevedo, em parceria com o site The Intercept Brasil, revelou um novo trecho de uma conversa entre o coordenador da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, com o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro.

    De acordo com a publicação, uma crítica feita pelo ex-juiz Sergio Moro em diálogo com o procurador do Ministério Público Federal (MPF), Deltan Dallangnol, teria causado o afastamento de uma procuradora do MPF de audiência com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2017, no âmbito das investigações da operação Lava Jato.

    Em nota publicada nesta sexta-feira (21), força-tarefa Lava Jato repudiou a publicação, classificando-a como "desrespeitosa, mentirosa e sem contexto".

    ​"A força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF/PR)vem a público repudiar notícia falsa sobre troca de procuradores em audiência do caso Triplex por meio de publicação rasa, equivocada e sem checagem dos fatos pelo blogueiro Reinaldo Azevedo", diz a nota.

    A força-tarefa da Lava Jato defendeu que "a procuradora Laura Tessler seguiu e segue responsável por diversas investigações e ações criminais, realizando todos os atos processuais necessários, incluindo audiências, contando com toda a confiança da força-tarefa na sua condução altamente profissional, cuidadosa e obstinada no combate à corrupção".

    "Além de desrespeitosa, mentirosa e sem contexto, a publicação de Reinaldo Azevedo não realizou a devida apuração, que, por meio de simples consulta aos autos públicos acima mencionados, evitaria divulgar movimento fantasioso de troca de procuradores para ofender o trabalho e os integrantes da força-tarefa", acrescenta a nota.

    O site The Intercept Brasil tem publicado trechos de conversas em chat privado, na plataforma Telegram, entre o ex-juiz federal Sergio Moro e procuradores da Força-Tarefa da Operação Lava Jato. De acordo coma a reportagem do The Intercept Brasil, "essas conversas provam que Moro estava sugerindo estratégias para que os procuradores realizassem sua campanha pública contra o próprio réu que ele estava julgando".

    Mais:

    Moro discutiu cargo em governo Bolsonaro com Lava Jato, diz jornalista que vazou conversas
    Moro era 'chefe da Lava Jato' e Dallagnol 'um bobinho', diz Gilmar Mendes sobre vazamentos
    Greenwald diz estar sofrendo ameaças após reportagens sobre Operação Lava Jato
    Tags:
    procuradores, triplex, The Intercept, Lava Jato, Deltan Dallagnol, Sergio Moro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar