10:04 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Manifestantes pró-democracia carregam cartazes que dizem Democracia sempre mais! Ditadura nunca mais! e A nova geração grita: Ditadura nunca mais! durante o ato de 1 de abril de 2015 em Brasília

    Metade dos brasileiros crê que há 'alguma chance' de nova ditadura no Brasil, diz pesquisa

    © AP Photo / Eraldo Peres
    Brasil
    URL curta
    821

    Um total de 50% dos cidadãos brasileiros acredita que o país corre o risco de viver uma nova ditadura, como aquela que perdurou mais recentemente entre 1964 e 1985, de acordo com uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira.

    Ao longo de 8 temáticas, o levantamento buscou inicialmente perguntar: "Atualmente, você acha que há alguma chance de haver uma nova ditadura no Brasil?", e 31% dos entrevistados afirmaram ver que há muita chance, enquanto outros 19% enxergam um pouco de chance. Outros 42% não veem nenhuma chance e 8% não souberam responder.

    Em relação à última pesquisa do gênero feita pelo Datafolha, em fevereiro de 2014, o crescimento dos que visualizam um risco de uma nova ditadura no Brasil atingiu 11 pontos percentuais – quem dizia que há muita chance subiu de 15% para 31%, e aqueles que viam um pouco de chance caiu de 24% para 19%.

    Nos recortes por gênero, os homens que não enxergam nenhuma chance de uma nova ditadura atingem 50%, ante 27% dos que veem muita chance e 18% que visualizam um pouco de chance. 

    Já 34% das mulheres se dividem entre as que veem muita chance, e outras 34% não veem nenhum risco, enquanto 21% apostam que há um pouco de chance do Brasil vivenciar um novo período ditatorial.

    Bolsonaro x Haddad

    Entre os eleitores dos presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), os opostos ficam mais claros. Enquanto 65% dos brasileiros que declaram voto ao ex-capitão do Exército não veem nenhuma chance de uma nova ditadura, 75% dos eleitores do petista enxergam muita ou um pouco de chance de um novo regime ditatorial.

    Fora do âmbito eleitoral, o Datafolha perguntou aos 9.137 eleitores em 341 municípios (a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos) se a ditadura militar que perdurou entre 1964 e 1985 deixou mais realizações positivas do que negativas ao país.

    O número daqueles que veem mais realizações positivas do que negativas dos militares no poder chegou a 32%, contra 51% dos que discordam desse entendimento. Os que têm mais saudade da ditadura estão no Sul (41%), enquanto os que mais rejeitam o período estão no Nordeste (58%).

    Outros recortes

    Por fim, o Datafolha perguntou o seguinte aos entrevistados: "Vou ler algumas frases e gostaria que você dissesse de cada uma se você concorda ou discorda que o governo brasileiro deva ter o direito de:"

    Proibir greves

    CONCORDA – 24%

    Concorda totalmente – 14%

    Concorda em parte — 10%

    NEM CONCORDA NEM DISCORDA – 2%

    DISCORDA – 72%

    Discorda em parte – 15%

    Discorda totalmente – 57%

    NÃO SABE — 2%

    Intervir nos sindicatos?

    CONCORDA – 41%

    Concorda totalmente – 24%

    Concorda em parte – 17%

    NEM CONCORDA NEM DISCORDA — 2%

    DISCORDA — 51%

    Discorda em parte — 14%

    Discorda totalmente – 37%

    NÃO SABE – 6%

    Proibir a existência de algum partido?

    CONCORDA – 33%

    Concorda totalmente – 21%

    Concorda em parte — 11%

    NEM CONCORDA NEM DISCORDA — 2%

    DISCORDA – 61%

    Discorda em parte – 14%

    Discorda totalmente – 47%

    NÃO SABE — 4%

    Censurar jornais, TV e rádio?

    CONCORDA – 23%

    Concorda totalmente – 13%

    Concorda em parte — 10%

    NEM CONCORDA NEM DISCORDA — 1%

    DISCORDA – 72%

    Discorda em parte – 11%

    Discorda totalmente – 61%

    NÃO SABE — 4%

    Fechar o Congresso Nacional?

    CONCORDA – 21%

    Concorda totalmente – 14%

    Concorda em parte — 8%

    NEM CONCORDA NEM DISCORDA — 2%

    DISCORDA – 71%

    Discorda em parte – 17%

    Discorda totalmente – 54%

    NÃO SABE — 6%

    Prender suspeitos sem a autorização da Justiça?

    CONCORDA – 32%

    Concorda totalmente – 21%

    Concorda em parte — 11%

    NEM CONCORDA NEM DISCORDA — 1%

    DISCORDA – 65%

    Discorda em parte – 15%

    Discorda totalmente – 50%

    NÃO SABE — 3%

    Torturar suspeitos para tentar obter confissões ou informações?

    CONCORDA – 16%

    Concorda totalmente – 10%

    Concorda em parte — 7%

    NEM CONCORDA NEM DISCORDA — 1%

    DISCORDA – 80%

    Discorda em parte – 11%

    Discorda totalmente – 68%

    NÃO SABE — 3%

    Controlar o conteúdo das redes sociais?

    CONCORDA – 43%

    Concorda totalmente – 24%

    Concorda em parte — 18%

    NEM CONCORDA NEM DISCORDA — 1%

    DISCORDA – 52%

    Discorda em parte – 11%

    Discorda totalmente – 42%

    NÃO SABE — 4%

    Mais:

    CIA: Geisel autorizou execuções durante ditadura
    Filho de Herzog pressiona governo a solicitar acesso aos dados da CIA sobre ditadura
    Mais do que Geisel: Brasil quer ter acesso a documentos da CIA sobre a ditadura militar
    Grupos pró-ditadura miravam caminhões da Petrobras desde fevereiro, diz jornal
    Tags:
    golpe militar, democracia, pesquisa, direita, autoritarismo, ditadura militar, Datafolha, Jair Bolsonaro, Fernando Haddad, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik