07:16 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Michel Temer

    Perito da Lava Jato: Laudo da defesa de Temer é 'precipitado'

    Beto Barata/PR
    Brasil
    URL curta
    Michel Temer e o silêncio de Eduardo Cunha (69)
    342

    Perito contratado pela defesa de Michel Temer havia descartado como prova a gravação comprometedora de Joesley Batista. Especialista da Lava Jato afirma que resultado conclusivo só pode aparecer com uma perícia isenta.

    O perito chefe da Polícia Federal na operação Lava-Jato, Fabio Salvador, afirmou que a análise apresentada pela defesa de Temer sobre as gravações de Joesley Batista não é segura, classificando-a como “precipitada”. 

    Após ter sido noticiado pela Folha de S. Paulo que as gravações divulgadas do empresário do grupo JBS apresentavam edições e cortes, o presidente Michel Temer contratou o perito Ricardo Molina para avaliar o material. De acordo com ele, a gravação comprometendo Temer possui "obscuridades" e não vale como prova.   

    Segundo o perido da Polícia Federal, citado pelo jornal O Globo, o período de 24h é muito curto para uma análise segura das gravações. Fabio Salvador afirma que só se poderá saber o que aconteceu com uma perícia isenta.  

    "Eu achei muito precipitado tirar uma conclusão tão objetiva, tão peremptória em apenas 24h. Tenho certeza que não é possível conseguir fazer um trabalho seguro em tão pouco tempo. Mas a gente só vai saber o que aconteceu quando tiver uma perícia isenta. Existem critérios e um método para ouvir diversas vezes, filtrar e refiltrar", disse Salvador.

    O perito da Lava-Jato também observou que a avaliação do áudio deve ser feita com o gravador em mãos, o que não aconteceu no caso da defesa do presidente. 

    "Dependendo do aparelho você tem tipos diferentes de gravação. É preciso saber frequência, amplitude, uma série de dados técnicos que só com equipamento é possível saber", acrescentou. 

    Tema:
    Michel Temer e o silêncio de Eduardo Cunha (69)

    Mais:

    'Fogo amigo': Renan Calheiros sugere renúncia de Temer e eleições indiretas contra crise
    Especialista traça quatro cenários para saída de Temer
    Sobrevida: Apesar de áudio, bancos e industriais declaram apoio às reformas de Temer
    Deputado ligado a Temer devolve mala com R$ 500 mil, diz jornal
    Tags:
    áudios, gravações, perícia, Operação Lava Jato, escândalo, corrupção, JBS, Joesley Batista, Michel Temer, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar