09:59 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Marcelo Calero

    Ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero diz que sofreu pressão de Geddel para liberar obras

    © Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    1653172

    O titular da Secretaria de Governo teria comprado um apartamento em uma área embargada pelo Iphan.

    Depois de pedir demissão do Ministério da Cultura, o agora ex-ministro Marcelo Calero disse em entrevista à Folha de S. Paulo que foi pressionado pelo titular da Secretaria de Governo e presidente do PMDB-BA, Geddel Vieira Lima, para liberar um empreendimento imobiliário em Salvador no qual ele tinha comprado um apartamento. À publicação, Calero disse que o assédio começou logo depois que ele assumiu a pasta, em maio deste ano.

    O empreendimento imobiliário foi barrado por se localizar em uma área considerada patrimônio cultural da União e, portanto, sujeita a regramentos especiais. Os construtores pretendiam erguer um prédio de 30 andares, enquanto o Iphan permitiu menos da metade disso, 13.

    "Ele [Geddel] pede minha interferência para que isso acontecesse, não só por conta da segurança jurídica, mas também porque ele tem um apartamento naquele empreendimento. Ele disse: "E aí, como é que eu fico nessa história?", contou Calero ao jornal.

    Em outro trecho da entrevista, Marcelo Calero disse que passou a receber pressões de integrantes do governo para conceder a licença de construção ou enviar o caso para a Advocacia-Geral da União (AGU). Ele afirmou também que Geddel acionou "vários interlocutores" para pressioná-lo a rever o embargo da obra.

    O presidente do PMDB-BA negou as acusações. Calero será substituído pelo deputado do PPS-SP, Roberto Freire no comando da pasta.

    Mais:

    Calero se demite do ministério da Cultura, que será assumido por Roberto Freire
    Ministério da Cultura enxuga programação ao revisar eventos do governo Dilma para Jogos
    Fraude encontrada em Operação da PF faz Ministério da Cultura rever Lei Rouanet
    ‘Um Ministério da Cultura isolado tem menos força’
    Estudantes comemoram recriação do Ministério da Cultura, '1ª derrota do Governo Temer'
    Tags:
    Advocacia-Geral da União, Ministério da Secretaria de Governo, PPS, Ministério da Cultura, PMDB, Folha de São Paulo, Geddel Vieira Lima, Roberto Freire, Marcelo Calero, Salvador, Brasília
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik