10:07 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    U.S. Olympic swimmers Gunnar Bentz and Jack Conger walk to the airport police station office at Rio's international airport in this still frame taken from video dated August 17, 2016, in Rio De Janeiro, Brazil.

    Mais um nadador dos Estados Unidos pede desculpas ao Brasil

    © REUTERS / GLOBO TV
    Brasil
    URL curta
    Detenções durante Rio 2016 (18)
    931
    Nos siga no

    Gunnar Bentz, um dos dois nadadores retirados de um avião da United no Aeroporto Internacional Tom Jobim na noite de quarta-feira (17) quando se preparava para voltar aos Estados Unidos, pediu desculpas ao Brasil pelo comportamento que ele, Jack Conger, Ryan Lochte e James Feigen tiveram no Rio no final de semana passado.

    Gunnar postou texto de desculpas na Internet mas ressalvou que vídeos editados têm "emergido" sobre o comportamento do quarteto no posto de gasolina na Barra da Tijuca. Os quatro, que estavam num táxi e haviam participado de uma festa durante toda noite de sábado e madrugada de domingo, pararam num posto de combustíveis da Barra, quebraram diversos objetos até serem imobilizados pelo segurança, um policial que estava de folga em seu trabalho e trabalhava, de forma legal, no segundo emprego.

    No texto, que teve o link postado também no Twitter pessoal do nadador, Gunnar também pede desculpas ao Comitê Olímpico Americano, à Natação Americana, a sua Universidade de Georgia. "Eu lamento que essa situação tenha tirado atenção da Olimpíada, que foi recebida tão bem pelo Brasil e por seus cidadãos."

    Gunnar ressalvou ainda "nunca ter sido suspeito no caso desde o início (as autoridades brasileiras só o viram como testemunha) e que nunca fez nenhuma declaração falsa sobre o caso.

    Ele admitiu que o grupo urinou em arbustos num prédio atrás do posto e afirmou que foi Ryan Lochte quem destruiu a placa de propaganda.

    Sobre o momento em que foram abordados por seguranças, Gunnar afirmou que um dos armas sacou a arma quando James e Jack estavam se afastando do táxi do qual eles foram tirados. Depois de serem obrigados a sentar no chão, Jack levantou e começou a gritar com os seguranças.

    Antes de Gunnar, Ryan Lochte havia postado mensagem de desculpas pela falsa comunicação de crime. Após o incidente, os quatro procuraram a polícia para dizer que haviam sido vítimas 

    de assalto, versão da qual a polícia desconfiou desde o primeiro momento pois os norte-americanos estavam com seus telefones celulares e não perderam dinheiro. Na polícia, os quatro também admitiram que estavam completamente bêbados ao sair da festa.

    Tema:
    Detenções durante Rio 2016 (18)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar