14:37 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira do PT em manifestação de apoio ao partido, em 16 de agosto de 2015

    Presidente do PT: 'a infâmia e o golpismo feriram a democracia, rasgando a Constituição'

    © AFP 2018 / Miguel Schincariol
    Brasil
    URL curta
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)
    2764

    Após a aprovação do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Rui Falcão, emitiu nota, lamentando que “Hoje, a infâmia e o golpismo feriram a democracia, rasgando a Constituição.”

    Segundo o presidente do PT, “ As forças mais reacionárias do país venceram a primeira batalha para a deposição da Presidenta Dilma Rousseff, ao aprovarem – sob o comando do réu Eduardo Cunha (presidente da Câmara) e as promessas do vice conspirador (Michel Temer) – a admissibilidade do processo de impedimento na Câmara dos Deputados.”

    Na nota, Falcão ressaltou que “ao se romper com a regra constitucional, as velhas oligarquias conspiram para tomar o poder de assalto e forjar um governo ilegítimo, marcado pelo arbítrio”. 

    Apesar da derrota no Plenário, Rui Falcão diz confiante que  o impeachment ainda pode ser barrado no Senado. “Esta aventura ainda poderá ser detida pelo Senado Federal, onde será travada a próxima e decisiva batalha em favor do resultado eleitoral de 2014”.

    Afirmando que o PT não vai permitir que a democracia, conquistada pela luta e a vida de tantos patriotas, seja destruída pelo ódio dos que combatem o protagonismo do povo brasileiro, Falcão encerrou conclamando os brasileiros a seguirem em luta contra o impeachment. “O Partido dos Trabalhadores conclama todos os homens e mulheres comprometidos com a democracia  para que se mantenham mobilizados, ocupando as ruas contra a fraude do impeachment.”

    Para ler a nota do Partido dos Trabalhadores acesse: http://www.pt.org.br/nota-da-presidencia-do-pt-sobre-a-votacao-do-impeachment/

    Tema:
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)

    Mais:

    Exclusivo: deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) recebe resultado com decepção
    Segundo governador do Rio, derrota do governo “representa um atraso à democracia do país”
    Tags:
    Senado, Câmara dos Deputados, PT, Michel Temer, Eduardo Cunha, Dilma Rousseff, Rui Falcão, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik