03:30 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7182
    Nos siga no

    Militantes do Talibã encontraram por volta de US$ 6 milhões (R$ 31,5 milhões) e ao menos 15 barras de ouro na casa do autoproclamado presidente interino do Afeganistão, Amrullah Saleh, informa a agência Khaama Press.

    Nas redes sociais surgiu um vídeo onde os membros do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) demonstram objetos valiosos achados na residência de Saleh.

    Talibã

    Na casa do vice-presidente do Afeganistão, Amrullah Saleh, foram alegadamente encontrados US$ 6,5 milhões (R$ 34 milhões) e grandes reservas de ouro

    Uma fonte no movimento confirmou à Sputnik que na casa do vice-presidente do antigo governo de Ashraf Ghani foram encontradas "enormes quantias de dinheiro".

    Segundo dados da agência, nem Saleh nem os representantes das forças da resistência ainda não comentaram o vídeo.

    No início de agosto, os talibãs intensificaram sua ofensiva contra as forças governamentais do Afeganistão. Em 15 de agosto eles entraram em Cabul e no dia seguinte declararam a conclusão da guerra. Nas últimas semanas de agosto, do aeroporto de Cabul, que estava sob guarda dos militares americanos, foi realizada uma evacuação em massa dos cidadãos dos países ocidentais e de afegãos que colaboraram com eles.

    Na noite de 31 de agosto, os militares americanos deixaram o aeroporto afegão, pondo fim à presença de quase 20 anos dos EUA no país centro-asiático. Em 6 de setembro, os talibãs anunciaram ter capturado em resultado de combates Panjshir, a última das 34 províncias afegãs.

    No dia seguinte, foi anunciada a composição do governo provisório do Afeganistão. Em resposta, em Cabul e em diversas outras cidades afegãs decorreram atos de protesto, que acabaram sendo dissolvidos pelas novas autoridades.

    Mais:

    EUA admitem diferenças com Paquistão sobre reconhecimento e legitimidade do Talibã no Afeganistão
    MRE da Coreia do Norte: EUA devem ser levados à Justiça por 'destruição em massa' no Afeganistão
    Saindo do Afeganistão, EUA admitiram na prática o colapso de sua estratégia, diz ex-presidente russo
    Tags:
    Talibã, Saleh A, Afeganistão, presidente interino
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar