08:29 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    244
    Nos siga no

    Prédio residencial com 419 apartamentos e cerca de 818 moradores pega fogo em cidade no nordeste da China e necessita de mais de 30 caminhões de bombeiros para conter o fogo.

    Nesta sexta-feira (27), um enorme incêndio tomou conta de um arranha-céu na cidade de Dalian, na China. Não houve feridos e nenhuma casualidade maior foi relatada, porém, as imagens são assustadoras, já que mais de 30 caminhões e aproximadamente 100 bombeiros chegaram ao local para combater as chamas.

    ​A energia e o gás do prédio foram desligados para ajudar nas operações de resgate. Imagens compartilhadas nas redes sugerem que as autoridades chinesas ainda não controlaram o incêndio

    ​O arranha-céu, chamado Kaixuan International Building, tem um formato distinto com uma seção intermediária de vários andares conectando dois blocos de torres, e abriga cerca de 818 pessoas em 419 apartamentos.

    Uma foto mostra um bombeiro em uma posição precária no topo do prédio, tentando apagar o incêndio.

    ​Uma investigação preliminar identificou a origem do incêndio em um único apartamento. O dono teria saído para buscar ajuda depois que algo pegou fogo, mas na volta, encontrou o imóvel com intensa fumaça densa, momento em que as autoridades foram chamadas.

    Mais:

    'Todos partidos políticos têm culpa pelos incêndios florestais em Portugal', diz professor à Sputnik
    Adolescente grego teria provocado incêndios por gostar de 'observar chamas e fumaça'
    Incêndio é relatado no aeroporto de Cabul (VÍDEOS)
    Tags:
    China, incêndio, arranha-céu, fogo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar