07:37 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6328
    Nos siga no

    Dois aviões, um Embraer 314 da Força Aérea do Afeganistão e um MiG-29 da Força Aérea uzbeque, se chocaram no espaço aéreo do Uzbequistão no domingo passado (15).

    De acordo com a Procuradoria-Geral da República do Uzbequistão, ambos os pilotos envolvidos sobreviveram ao incidente, pois se ejetaram antes da colisão.

    A autoridade informou que três aeronaves militares Embraer 314 da Força Aérea Afegã tinham solicitado permissão para aterrissar no aeroporto de Khanabad, na região de Kashkadarya, no sul do Uzbequistão. 

    Os aviões afegãos foram redirecionados para o aeroporto de Termez e escoltados por duas aeronaves militares MiG-29 da Força Aérea do Uzbequistão. 

    "Entretanto, durante a observação, um dos Embraer 314 se chocou com um MiG-29 e caíram no distrito de Sherabad, na região de Surkhandarya. Os pilotos dessas aeronaves pousaram de paraquedas", diz a declaração da Procuradoria-Geral.

    Nos últimos dias, pelo menos 22 aeronaves e 24 helicópteros afegãos transportando 585 soldados atravessaram ilegalmente a fronteira entre o Afeganistão e o Uzbequistão, informa a autoridade.

    Mais:

    'Maior derrota da história dos EUA': Trump ataca Biden após Talibã assumir controle do Afeganistão
    Talibã subornou militares afegãos para entregarem suas armas em 2020, diz mídia
    Índia e Irã avaliam uso conjunto de porto estratégico com o Uzbequistão
    Tags:
    Força Aérea Afegã, Uzbequistão, Afeganistão, MiG-29, Embraer, colisão, aeronaves
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar