10:01 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7222
    Nos siga no

    Coreia do Norte afirma que Seul pagará um preço alto por escolher a aliança com Washington em vez da paz entre as duas Coreias.

    Nesta quarta-feira (11), a Coreia do Norte afirmou que os Estados Unidos e a Coreia do Sul perderam a chance de melhorar as relações e correm o risco de uma "crise de segurança séria", ao optar por escalar as tensões enquanto conduzem exercícios militares conjuntos.

    O general e político norte-coreano Kim Yong-chol criticou Seul e Washington por terem respondido à boa vontade de Pyongyang com "atos hostis". A oportunidade de melhorar os laços entre as duas Coreias perdeu-se por causa dos exercícios conjuntos.

    "Vamos fazê-los entender a cada minuto a escolha perigosa que eles fizeram e a crise de segurança séria que enfrentarão por causa de sua escolha errada", disse Kim, citado pela KCNA.

    Seul deve "entender claramente o quanto eles têm que pagar" por escolher a aliança com Washington em vez da paz entre as Coreias, declarou o general e político norte-coreano. A Coreia do Norte vai "fazer o tem que fazer", dado que o país não tem outra opção devido à confrontação com a Coreia do Sul e Estados Unidos.

    Por sua vez, hoje (11), o embaixador chinês em Seul, Xing Haiming, exortou as duas Coreias a se entenderem melhor, para restabelecer a paz na península coreana.

    "As relações intercoreanas devem ser melhoradas. Afinal, a Coreia do Norte e a Coreia do Sul pertencem ao mesmo povo e nós só esperamos que façam esforços para se darem bem uma com a outra", disse Xing.

    Ontem (10), a alta funcionária norte-coreana e irmã de Kim Jong-un, Kim Yo-jong, também declarou que a Coreia do Sul e os Estados Unidos pagariam um preço por continuar com os exercícios militares conjuntos anuais. Segundo ela, a paz apenas seria possível se os Estados Unidos retirassem seu contingente e equipamento militar da Coreia do Sul.

    Mais:

    Exercícios Coreia do Sul-EUA prejudicarão relações entre Seul e Pyongyang, diz Coreia do Norte
    Navio de guerra alemão dirige-se ao mar do Sul da China em meio à tensão do Ocidente com Pequim
    Coreia do Norte: Kim propôs restabelecer comunicação com Coreia do Sul, diz mídia
    Pyongyang rotula de 'provocação' plano do Reino Unido de implantar navios de guerra na Ásia-Pacífico
    Tags:
    Coreia do Norte, Coreia do Sul, EUA, tensões, exercícios
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar