13:31 20 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    146
    Nos siga no

    As Filipinas rejeitaram uma proibição de pesca sazonal, imposta há 20 anos por Pequim no mar do Sul da China, encorajando seus pescadores a continuarem as atividades nesta zona marítima.

    Conforme informa a agência Reuters, esta medida, contestada por Manila, teve seu início em 1999, e decorre entre o 1º de maio e 16 de agosto todos os anos, cobrindo várias áreas do mar do Sul da China, bem como outras áreas marítimas ao largo do gigante asiático.

    Porém, nesta terça-feira (4), a Força-Tarefa do Mar do Sul da China, uma força militar recentemente criada pelas Filipinas, declarou que "esta proibição de pesca não se aplica aos nossos pescadores", citada pela mídia.

    A Força-Tarefa se opôs à proibição de pesca por Pequim nas águas territoriais e jurisdição filipinas, chegando a encorajar os seus pescadores a prosseguir suas atividades no mar Ocidental das Filipinas (termo usado pelas Filipinas para se referir ao mar do Sul da China).

    Por enquanto, ainda não houve nenhuma declaração ou comentário por parte da embaixada da China em Manila.

    O desafiar de uma lei com mais de duas décadas pode ser entendido como mais um sinal das Filipinas, visando mostrar a Pequim que não desistirá de lutar pela sua soberania e direitos marítimos, considerando as crescentes tensões entre as duas nações asiáticas devido a disputas territoriais no mar do Sul da China, sendo que grande parte desta hidrovia é reivindicada por Pequim.

    Mais:

    Filipinas afirmam que China não tem 'autoridade' para se opor a exercícios marítimos
    Queda de destroços de foguete chinês Longa Marcha 5B seria 'equivalente à queda de pequeno avião'
    Chanceler filipino pede perdão pela postagem ofensiva sobre China
    Tags:
    China, Filipinas, Mar do Sul da China, pesca, proibição, tensão geopolítica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar