02:04 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    4248
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (21), um grande incêndio atingiu o Instituto Serum da Índia, fabricante da vacina AstraZeneca.

    O incêndio atingiu o portão do Terminal 1. De acordo com informações, as causas do incidente ainda são desconhecidas. Os serviços de emergência já estão trabalhando para extinguir o fogo.

    ​O incêndio atingiu o Terminal 1 do Instituto Serum da Índia, localizado em Puna. A instituto é o maior fabricante de vacinas do mundo e é o orgulho da Índia. Há dez carros de bombeiros no local. As causas ainda são desconhecidas.

    De acordo com o jornal Times of India, citando o prefeito da cidade de Puna, Murlidhar Mohol, cinco pessoas morreram no incêndio, e provavelmente seriam trabalhadores de construção civil que estavam no local naquele momento.

    O Instituto Serum está produzindo milhões de doses do medicamento Covishield, desenvolvido pela AstraZeneca e Universidade de Oxford.

    Fontes afirmaram à agência de notícias ANI que o incidente não afetará a produção das vacinas.

    ​Incêndio atinge o Instituto Serum da Índia, em Pune. Fonte: ANI.

    O instituto também tem um acordo com a Novavax para o desenvolvimento de sua vacina na Índia e em diversos outros países.

    A empresa farmacêutica e de biotecnologia da Índia, fundada em 1966, é considerada a maior fabricante de vacinas do mundo.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Apesar de vacinação acelerada, Israel estende lockdown após aumento nos casos de COVID-19
    Governo de São Paulo volta atrás e inclui quilombolas em prioridade de vacinação
    Quanto tempo leva para vacinação causar diminuição no número de casos de COVID-19 no Brasil?
    Tags:
    COVID-19, vacina, medicamentos, indústria farmacêutica, fábricas, fábrica, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar