06:53 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 41
    Nos siga no

    Diplomatas da França e dos Estados Unidos se reunirão com homólogos da Rússia nesta quarta-feira (18), em Moscou, para eliminar as ambiguidades ligadas ao cessar-fogo em Nagorno-Karabakh.

    A informação foi divulgada pelo ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, nesta terça-feira (17), e confirmada à Sputnik pela representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, durante seu briefing em 8 de fevereiro de 2018
    © Sputnik / Kiril Kallinikov
    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, durante seu briefing em 8 de fevereiro de 2018
    "Podemos confirmar isso. A Rússia será representada pelo embaixador Igor Popov", disse Zakharova, quando solicitada a comentar sobre a reunião.

    O objetivo do encontro trilateral é discutir a questão sobre o conflito que envolve Azerbaijão e as forças étnicas da Armênia do enclave.

    "Amanhã teremos uma reunião em Moscou com os enviados, para tratarmos sobre o dossiê para eliminar as ambiguidades em torno do cessar-fogo", tinha dito um pouco antes Le Drian, segundo publicou a agência Reuters.
    Ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian.
    © AP Photo / Alik Keplicz
    Ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian.

    As ambiguidades, segundo o ministro francês, estão relacionadas com a questão dos refugiados, a delimitação do cessar-fogo, a presença da Turquia, o regresso dos combatentes e o início das negociações sobre o estatuto de Nagorno-Karabakh.

    Mais:

    Nova corveta russa realiza 1º teste com helicóptero a bordo no mar do Japão (VÍDEO)
    'Hoje não ouvimos tiros em Nagorno-Karabakh', diz comandante da força de paz da Rússia
    Helicópteros Mi-8 e Mi-24 escoltam forças de paz da Rússia em Nagorno-Karabakh (VÍDEO)
    Presidente azeri rejeita chance de negociação sobre status especial para Nagorno-Karabakh
    Tags:
    relações internacionais, conflito, Nagorno-Karabakh, EUA, França, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar