03:10 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 120
    Nos siga no

    O novo coronavírus deverá subsistir até meados do ano, acredita um especialista de saúde chinês.

    O coronavírus continuará se espalhando pelo mundo pelo menos até junho, sugeriu Zhong Nanshan, chefe da Comissão Especial de Especialistas do Comitê Estatal da Saúde chinês.

    "Prevê-se que a epidemia continuará se alastrando pelo mundo pelo menos até junho. A ênfase na luta contra o coronavírus no futuro pode mudar da exportação [da doença vinda da China] para a importação", disse o especialista, cujo discurso foi citado pelo jornal chinês Shinmin Shibao.

    Em 31 de dezembro de 2019, as autoridades chinesas informaram a Organização Mundial da Saúde sobre um surto de pneumonia desconhecida na cidade de Wuhan, na parte central do país (província de Hubei).

    Especialistas descobriram que a doença tinha sido causada por um novo coronavírus. A OMS reconheceu o surto como emergência de importância internacional e deu à doença seu nome oficial, COVID-19. De acordo com os últimos dados, 3.119 pessoas já foram vítimas da doença na China, mas o número de infecções no país já está abrandando.

    Mais:

    China relata 22 novas mortes por coronavírus; mais de 58.000 se recuperaram
    Cientistas chineses identificam 2ª estirpe mais agressiva de coronavírus
    Pompeo admite que EUA 'ficam para trás' no combate ao coronavírus e culpa China
    Trump não acredita em dados sobre coronavírus, mas EUA alocam US$ 8 bilhões para combater doença
    Coronavírus: 90% dos casos podem passar despercebidos, diz estudo
    Tags:
    China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar