17:46 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    • Cidade de Meca, na Arábia Saudita, é o local mais sagrado de peregrinação para mulçumanos do mundo inteiro, esvazia-se por medo do coronavírus
    • Praça da Paz Celestial, na capital chinesa de Pequim, após receios motivados pelo coronavírus, em 11 de fevereiro de 2020
    • Imagens de satélite de uma estrada em Wuhan, a cidade chinesa que possui mais pacientes infectados pelo coronavírus
    • Surto de coronavírus levou diversos iranianos a evitarem caminhar pelas ruas da cidade de Qom
    • Imagens de satélite demonstram a Disneylândia em Tóquio, no Japão, fechada por medo da propagação do coronavírus
    • Cidade de Milão é o centro turístico italiano mais afetado pela diminuição de turistas devido ao surto de coronavírus
    • Imagens de satélite do Hospital Houshenshan, construído em Wuhan para lidar com pacientes do coronavírus
    • Imagens de satélite demonstram o movimento reduzido de carros em uma estrada na cidade chinesa de Wuhan
    • Estação de trem de Wuhan com pouquíssimos trens devido à quarentena, em 25 de fevereiro de 2020
    • Aeroporto iraniano em Teerã é mostrado em imagens de satélite após o aumento de casos de coronavírus no país
    • Aeroporto da cidade chinesa de Wuhan antes e depois da quarentena ter sido decretada devido ao coronavírus
    • Imagens de satélite demonstram a diminuição do fluxo de carros na cidade chinesa de Wuhan
    © REUTERS / Maxar Technologies
    Cidade de Meca, na Arábia Saudita, é o local mais sagrado de peregrinação para mulçumanos do mundo inteiro, esvazia-se por medo do coronavírus.

    Cidades do mundo inteiro começam a experimentar os efeitos do medo causado pelo coronavírus. Rapidamente, espaços públicos foram fechados temporariamente, viagens canceladas e novos hospitais construídos.

    Uma série de imagens de satélites retrata o esvaziamento de centros urbanos, onde seus habitantes são aconselhados a evitar grandes concentrações de pessoas. Na Itália, por exemplo, o turismo tem sofrido grandes perdas pela falta de turistas estrangeiros.

    Enquanto o coronavírus passa a ser considerado uma crise global, filas deram espaço a ruas vazias em alguns dos maiores centros urbanos da Ásia e Europa.

    Mais:

    Com papa se recuperando de gripe, Vaticano confirma 1º caso de coronavírus
    Navio da Marinha equatoriana entra em quarentena por causa de coronavírus, diz jornal
    Peru confirma 1º caso de coronavírus no país
    Tags:
    cidades, imagens, China, Europa, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais fotos