15:41 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    180
    Nos siga no

    Representantes do Instituto Wuhan de Virologia negam que o paciente zero do vírus COVID-19 tenha relação com o centro científico, informou a mídia chinesa.

    "Posso garantir que nenhuma pessoa, incluindo estudantes de pós-graduação, foi infectada em nosso instituto. Temos zero casos de infecção", disse o pesquisador da entidade, Shi Zhengli, ao The Beijing News.

    Outro cientista da instituição, Chen Quanjiao, também declarou que "o Instituto Wuhan de Virologia não tem infecções". "O paciente zero não veio de nós", disse ele.

    Ambos os pesquisadores comentaram as informações que circulam desde sábado (15) na Internet de que uma mulher chamada Huang Yanling, do programa de mestrado do Instituto Wuhan de Virologia, teria sido a primeira pessoa infectada com o novo coronavírus.

    No final de 2019, a China relatou a ocorrência de casos de pneumonia causada por uma nova classe de coronavírus em Wuhan, capital da província de Hubei.

    Rua deserta na cidade de Wuhan, China
    © REUTERS / Instagram / Emilia
    Rua deserta na cidade de Wuhan, China

    Nomeado como SARS-CoV-2, o vírus cruzou as fronteiras da China e foi detectado em mais de 25 países até o momento.

    Globalmente, o novo coronavírus infectou mais de 69.000 pessoas e causou 1.669 mortes, incluindo quatro fora da China continental.

    Em 30 de janeiro, a Organização Mundial da Saúde decretou o estado de emergência internacional em função da nova epidemia.

    Mais:

    Primeira morte por coronavírus confirmada na Europa
    Alta do dólar se deve principalmente à taxa de juros e ao coronavírus, diz economista
    Navio à deriva virou 'melhor cruzeiro do mundo', apesar das suspeitas de coronavírus
    Tags:
    Wuhan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar