02:43 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento de mísseis balísticos pela Coreia do Norte (foto de arquivo)

    Seul faz apelo a Pyongyang após novos lançamentos de mísseis norte-coreanos

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    9220
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Coreia do Sul pediu nesta quinta-feira que a Coreia do Norte abdique de ações que em nada contribuem para reduzir as tensões na península.

    Pouco antes das 6h, horário local, a Coreia do Norte disparou dois mísseis balísticos de curto alcance da península de Hodo, perto da cidade costeira de Wonsan, em direção ao mar do Leste. Um dos projéteis voou por cerca de 430 quilômetros, enquanto o outro pareceu viajar um pouco mais, segundo uma análise feita pelos Estados Unidos. Ambos voaram a uma altitude de cerca de 50 quilômetros. 

    O segundo míssil de curto alcance se verificou ser um míssil de novo tipo e percorreu a distância de 690 quilômetros, segundo informou a agência Yonhap, citando o Comitê Unido dos Chefes de Estados-Maiores das Forças Armadas da Coreia do Sul.

    Dada a escala de vôo, especialistas citados pela agência Yonhap consideraram que Pyongyang parece ter testado uma versão própria dos mísseis balísticos russos Iskander, assim como fez em maio. 

    ​Mais cedo, o Japão qualificou os novos lançamentos norte-coreanos como um evento "extremamente lamentável".

    Mais:

    Coreia do Norte reforçará defesa contra caças norte-americanos F-35, diz mídia
    Exercícios EUA-Coreia do Sul colocam conversas nucleares em risco, diz Pyongyang
    Vice-presidente dos EUA diz buscar assegurar 'liberdade religiosa' na Coreia do Norte
    Líder da Coreia do Norte inspeciona novo submarino e revela sistemas de armas
    Coreia do Sul dispara tiros de advertência contra aviões russos
    Tags:
    península coreana, Mar do Leste, Japão, Wonsan, Pyongyang, Seul, Estados Unidos, míssil balístico, Coreia, Coreia do Norte, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar