15:53 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Uma televisão instalada em uma rua de Tóquio mostra o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, no dia em que Pyongyang lançou um míssil em direção ao Japão

    Coreia do Norte lança dois projéteis não identificados em direção ao mar do Japão

    © REUTERS / Issei Kato
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6150
    Nos siga no

    A Coreia do Norte disparou dois projéteis não identificados de uma área perto de Wonsan, na costa leste do país, em direção ao mar do Japão.

    A informação foi dada pelo Conselho de Chefes do Estado Maior da Coreia do Sul, citado pela agência de notícias Yonhap.

    "Nossos militares estão monitorando a situação em caso de lançamentos adicionais e mantendo uma postura de preparação", acrescenta o Conselho de Chefes do Estado Maior da Coreia do Sul.

    No início deste ano, Pyongyang retomou os testes de mísseis após uma moratória de mais de um ano, enquanto as negociações com Washington sobre desarmamento e desnuclearização pararam em meio a recusas de Trump de retirar as sanções contra a Coreia do Norte.

    Ainda assim, o líder norte-coreano Kim Jong Un sinalizou disposição de retornar à mesa de negociações, mesmo enviando a mensagem paralela de que ele não está disposto a desistir da única garantia de segurança do país sem um movimento substancial dos EUA para garantir a segurança na península.

    O teste mais recente do país foi em 9 de maio quando um par de mísseis foi programado precisamente 9 minutos antes e 9 minutos depois de um teste dos EUA de um míssil balístico intercontinental Minuteman III (ICBM). O objetivo do teste norte-coreano foi mandar um recado a Washington.

    Mais:

    Pompeo diz que EUA e Coreia do Norte precisam de 'criatividade' em negociações
    Mídia: Huawei ajudou secretamente Coreia do Norte a criar rede móvel
    Líder da Coreia do Norte inspeciona novo submarino e revela sistemas de armas
    Tags:
    Coreia do Sul, míssil, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar