03:50 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    351
    Nos siga no

    O chefe do Departamento de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Kwon Jong Gun, declarou que os EUA deveriam reiniciar o diálogo com Pyongyang antes do final do ano, informou a Agência Central Telegráfica da Coréia (ATCC).

    "Como o líder da Coreia do Norte [Kim Jong-un] disse ... se os Estados Unidos querem iniciar um diálogo com a República, Washington deve entender [...] que o prazo para isso expira no final do ano", alertou Gun.

    Ele acrescentou que não há muito tempo para alcançar resultados.

    O diplomata ressaltou que os EUA "frequentemente se referem ao desenvolvimento de relações entre os dois países, mas na realidade não toma medidas que permitam a todas as partes chegarem a um acordo".

    "Os Estados Unidos devem ter em mente que nossas repetidas advertências não são palavras vazias", concluiu Gun.

    Em junho de 2018, Trump e Kim se encontraram pela primeira vez em Singapura e se comprometeram a trabalhar para normalizar as relações bilaterais e desnuclearizar a península coreana. No entanto, o processo estacionou nos últimos meses.

    A segunda reunião, realizada em Hanói em 27 e 28 de fevereiro, terminou abruptamente e sem acordo, embora as partes, segundo a Casa Branca, tenham concordado em realizar mais reuniões no futuro.

    Mais:

    EUA devem invadir Venezuela para assustar Irã e Coreia do Norte, sugere senador americano
    No extremo norte do Sul: viagem ao longo da fronteira oriental entre duas Coreias
    Coreia do Norte e China seguirão amigas 'não importa a situação', diz agência
    Tags:
    desnuclearização, acordo nuclear, diplomacia, relações bilaterais, Kim Jong-un, Donald Trump, Coreia do Norte, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar