16:46 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA Donald Trump saúda seu homólogo chinês Xi Jinping em Mar-a-Lago, no estado da Flórida, em 6 de abril 2017

    Trump e Xi Jinping concordam com sanções contra Pyongyang até o fim dos testes nucleares

    © REUTERS / Carlos Barria
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 25

    O presidente da China, Xi Jinping, conversou por telefone com o presidente dos EUA, Donald Trump, nesta terça-feira (8) e pediu que Washington também considere as preocupações justificadas da Coreia do Norte por sua segurança.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente chinês, Xi Jinping, concordaram com a importância de manter as sanções contra a Coreia do Norte até que a desnuclearização seja alcançada. A informação foi divulgada pela Casa Branca em um comunicado. 

    "O presidente Trump e o presidente Xi Jinping concordaram com a importância da implementação contínua das sanções contra a Coreia do Norte até que ela permanentemente desmantele seus programas nucleares e de mísseis", diz o comunicado.

    De acordo com o comunicado, os líderes também "discutiram questões de interesse mútuo, incluindo os recentes desenvolvimentos na península coreana e a reunião do presidente chinês com o líder norte-coreano".

    No início do dia, Xi Jinping realizou uma reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, que afirmou que o Pyongyang não precisará de armas nucleares se as potências mundiais se absterem de políticas hostis em relação ao país.

    Nos dias 25 e 28 de março, Kim fez uma visita não oficial à China, onde se reuniu com o presidente chinês em meio a um esforço internacional para desnuclearizar a península coreana. Esta foi a primeira visita internacional de Kim desde que chegou ao poder em 2011.

    Mais:

    Kim Jong-un indica quando será possível desnuclearização da península coreana
    Trump define encontros com líderes das Coreias, mas faz mistério sobre reunião com Kim
    Vice dos EUA adia vinda ao Brasil para se focar no encontro entre Trump e Kim
    Kim Jong-un: Pyongyang avança firmemente rumo à desnuclearização da península coreana
    Tags:
    sanções, testes nucleares, desnuclearização, Kim Jong-un, Xi Jinping, Donald Trump, Coreia do Norte, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik